Loja de comércio justo do CIDAC

Loja de comércio justo do CIDAC Loja de Comércio Justo em Lisboa, gerida pela associação, com estatuto de ONGD, CIDAC Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amílcar Cabral.

QUEM SOMOS:

O CIDAC centra a sua ação em duas temáticas principais – Educação para o Desenvolvimento e Comércio e Desenvolvimento – que concretiza através de atividades e projetos realizados em Portugal, na Guiné-Bissau e em Timor Leste, muitas vezes em parceria com outras organizações. O Centro de Recursos para o Desenvolvimento e a Loja de Comércio Justo são os dois instrumentos através dos qu

QUEM SOMOS:

O CIDAC centra a sua ação em duas temáticas principais – Educação para o Desenvolvimento e Comércio e Desenvolvimento – que concretiza através de atividades e projetos realizados em Portugal, na Guiné-Bissau e em Timor Leste, muitas vezes em parceria com outras organizações. O Centro de Recursos para o Desenvolvimento e a Loja de Comércio Justo são os dois instrumentos através dos qu

Funcionando normalmente

Voltou o Almanaque Florestal da Plantei.eu com algumas ilustrações novas, sempre inspiradoras para bons plantios e melho...
20/12/2021

Voltou o Almanaque Florestal da Plantei.eu com algumas ilustrações novas, sempre inspiradoras para bons plantios e melhores colheitas!

20/12/2021

Avisamos clientes e amigos/as que dia 24 de dezembro, a Loja encerrará às 16h.
A distribuição dos cabazes PROVE será na 5.ª feira, dia 23 de dezembro das 17h às 19h.

Todo o momento é bom para analisar e refletir sobre o mundo em que vivemos! Os livros da Cooperativa Outro Modo / Le Mon...
17/12/2021

Todo o momento é bom para analisar e refletir sobre o mundo em que vivemos! Os livros da Cooperativa Outro Modo / Le Monde Diplomatique - ed. portuguesa são um bom contributo para alimentar o pensamento e ... a ação!

Vinho Arenae, casta Malvasia, da Adega Regional de Colares, CRL, licores da Nobre Terra, trufas e tabletes com cacau da ...
16/12/2021

Vinho Arenae, casta Malvasia, da Adega Regional de Colares, CRL, licores da Nobre Terra, trufas e tabletes com cacau da MCCH- Fundación Maquita, do Equador, algumas iguarias para aquecer e adoçar as festas que se avizinham.

Animais que dão cor e movimento, na arte das/dos tecelã/os da Selyn do Sri Lanka. Fundada em 1991, a Selyn iniciou o seu...
15/12/2021

Animais que dão cor e movimento, na arte das/dos tecelã/os da Selyn do Sri Lanka. Fundada em 1991, a Selyn iniciou o seu trabalho com 15 mulheres na aldeia de Wanduragala. Tem atualmente mais 1000 membros, dos quais 95% são mulheres. E são 16 os ateliers onde trabalham, um pouco por todo o país. Algumas mulheres, devido à sua condição social ou familiar, trabalham a partir de casa.

A Agenda Feminista 2022 da UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta tem como tema "A Idade e o Género. Até onde v...
14/12/2021

A Agenda Feminista 2022 da UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta tem como tema "A Idade e o Género. Até onde vai o Preconceito?".
Já tem a sua?

Novo site do Le Monde Diplomatique - ed. portuguesa será lançado hoje!A edição de dezembro -em papel - já disponível na ...
13/12/2021

Novo site do Le Monde Diplomatique - ed. portuguesa será lançado hoje!
A edição de dezembro -em papel - já disponível na Loja.

É JÁ ESTA SEGUNDA-FEIRA!
🔔 Temos andado em remodelações e na próxima segunda-feira apresentamos todas as novidades:

💻 Novo sítio Internet
📱 Jornal digital
📰 Novas modalidades de assinatura
🗃 Acesso aos arquivos #diplopt

Visita guiada
📅 13.12.2021
🕡 18:30
🔗 https://videoconf-colibri.zoom.us/j/85265673967

De 6 a 10 de dezembro, por ocasião do dia internacional dos Direitos Humanos, o grupo de Geografia da Escola Secundária ...
03/12/2021
Exposição - O Comércio pode ser Justo!

De 6 a 10 de dezembro, por ocasião do dia internacional dos Direitos Humanos, o grupo de Geografia da Escola Secundária Jorge Peixinho, no Montijo, organiza uma banca de comércio justo e convida a comunidade educativa a visitar a exposição «O Comércio pode ser Justo!»
http://www.esjp.pt/default.aspx?canal=117&artigo=1621

6 a 10 de dezembro de 2021 Banca com produtos artesanais de Comércio Justo 10 de dezembro de 2021

Photos from Loja de comércio justo do CIDAC's post
02/12/2021

Photos from Loja de comércio justo do CIDAC's post

Photos from Loja de comércio justo do CIDAC's post
02/12/2021

Photos from Loja de comércio justo do CIDAC's post

30/11/2021

Avisamos amigos/as e clientes que, em dezembro, a loja estará aberta nos feriados de 1 e 8 (4.ª feira), das 10h30 às 19h, e aos sábados das 10h às 19h.

Em 29 de novembro de 2011, abriu a Loja de Comércio Justo do CIDAC com o objetivo de aliar o comércio a princípios de ju...
29/11/2021

Em 29 de novembro de 2011, abriu a Loja de Comércio Justo do CIDAC com o objetivo de aliar o comércio a princípios de justiça, equidade e solidariedade. Os anos de trabalho do CIDAC na sensibilização, informação e educação sobre a justiça económica e social como um pilar essencial da solidariedade internacional e da equidade para todos e todas, materializou-se neste espaço aberto seis dias por semana, nove horas por dia... nos últimos dez anos.
Obrigada a todos e a todas, equipa, voluntários/as, sócios/as, produtores/as, artesã/os, amigos/as, clientes e todas as pessoas que têm contribuído para a sua existência e persistência!

Ao longo do mês de novembro, temos vindo a festejar o 10.º aniversário da Loja de Comércio Justo com palavras amigas de ...
27/11/2021
29.11.2011 - Loja de Comércio Justo do CIDAC

Ao longo do mês de novembro, temos vindo a festejar o 10.º aniversário da Loja de Comércio Justo com palavras amigas de algumas pessoas, entre as tantas que lhe dão corpo e alma. Hoje, celebraremos presencialmente, com um lanche solidário, estes dez anos de percurso tão bem contados neste belo vídeo:
https://www.youtube.com/watch?v=iUo4O4Q6NNo

A Loja de Comércio Justo do CIDAC, em Lisboa, nasceu em 29 de novembro de 2011.Em tempos adversos “Resistir é Vencer!”Ao longo da sua existência, a Loja asso...

No dia mundial do comércio justo, em maio de 2012, a Loja de comércio justo do CIDAC tornou-se um núcleo PROVE. Um passo...
26/11/2021
10 anos da Loja de Comércio Justo do CIDAC - Parabéns da Judite Silva (PROVE - Picoas, Lisboa)

No dia mundial do comércio justo, em maio de 2012, a Loja de comércio justo do CIDAC tornou-se um núcleo PROVE. Um passo importante para, por um lado, criar complementariedades entre a oferta da loja e oferta semanal de hortícolas e frutícolas frescos, na óptica da soberania alimentar; por outro, para fortalecer o apoio à agricultura familiar e à proximidade entre agricultoras e pessoas consumidoras. Há nove anos, todas as sextas à tarde e sábados de manhã, a Judite Silva, familiares e companheiras de trabalho vêm entregar legumes e frutas a cerca de 100 pessoas. Para o ano, cá estaremos para festejar ... os 10 anos do núcleo PROVE Picoas!

https://www.youtube.com/watch?v=_Um0dyRTbPg

A Loja de Comércio Justo do CIDAC está a cumprir 10 anos de existência. Vários/as amigos/as, parceiros/as e produtores/as que nos têm acompanhado ao longo de...

Da cooperativa Mó de vida à Mó de Vida Viagens e à Sambuc'asa - Serra da Estrela, são muitos os anos que nos ligam aos c...
24/11/2021
10 anos da Loja de Comércio Justo do CIDAC - Parabéns do Nuno Meireles (Sambuc'asa)

Da cooperativa Mó de vida à Mó de Vida Viagens e à Sambuc'asa - Serra da Estrela, são muitos os anos que nos ligam aos companheiros e às companheiras como o Nuno na defesa da justiça social e económica no comércio, no turismo, na vida. Obrigada Nuno por continuares a oferecer produtos de comércio justo a quem passa pela linda Sambuc'asa - Serra da Estrela! Seguimos viagem!
https://www.youtube.com/watch?v=egJLk1nft3E

A Loja de Comércio Justo do CIDAC está a cumprir 10 anos de existência. Vários/as amigos/as, parceiros/as e produtores/as que nos têm acompanhado ao longo de...

A Cooperativa Espanica Comercio Justo, que completou em março 24 anos, é uma cooperativa hispano-nicaraguense que alia p...
23/11/2021
10 anos da Loja de Comércio Justo do CIDAC - Parabéns do Juanjo Anaya (Espanica)

A Cooperativa Espanica Comercio Justo, que completou em março 24 anos, é uma cooperativa hispano-nicaraguense que alia pequenos/as produtores/as do sul global, especialmente de café, na Nicarágua e pessoas consumidoras no norte global, com o objetivo de fortalecer a solidariedade internacional e a economia popular nicaraguense.
A cooperativa comercializa diretamente a grupos de consumo, lojas ecológicas, cooperativas de consumo, comunidades de base, empresas pequenas ou médias, associações, pessoas facilitadoras, grupos especificamente de consumo ecológico, empresas de economia social, entre outros, mas nunca com grandes superfícies. Por outro lado, esta rede possibilita-lhe, por exemplo, garantir um pré-financiamento para os e as produtoras de café na Nicarágua.
Desde 2012, vendemos na Loja o excelente café 100% arábica e estreitamos fortes laços com a ESPANICA. Gracias compañeros y compañeras!
https://www.youtube.com/watch?v=qWbJX-GELY0

A Loja de Comércio Justo do CIDAC está a cumprir 10 anos de existência. Vários/as amigos/as, parceiros/as e produtores/as que nos têm acompanhado ao longo de...

Ao sabor de um café de Comércio Justo, iremos estar com a Bela Rama numa conversa sobre diferentes tipos de rede de cons...
23/11/2021

Ao sabor de um café de Comércio Justo, iremos estar com a Bela Rama numa conversa sobre diferentes tipos de rede de consumo alimentar. Redes solidárias, conscientes, de proximidade consumidor-produtor. Do/a consumidor/a participante ao coletivo auto-organizado. Venha beber um café quentinho connosco, na Sirigaita, sábado pelas 18h.
Para saber mais sobre a Bela Rama: https://abelarama.wordpress.com/

Ao sabor de um café de Comércio Justo, iremos estar com a Bela Rama numa conversa sobre diferentes tipos de rede de consumo alimentar. Redes solidárias, conscientes, de proximidade consumidor-produtor. Do/a consumidor/a participante ao coletivo auto-organizado. Venha beber um café quentinho connosco, na Sirigaita, sábado pelas 18h.
Para saber mais sobre a Bela Rama: https://abelarama.wordpress.com/

Nos anos 80, a região peruana de Ayacucho sofreu um violento conflito social. A população, entre ela, artesãos e artesãs...
22/11/2021

Nos anos 80, a região peruana de Ayacucho sofreu um violento conflito social. A população, entre ela, artesãos e artesãs foram perseguidos/as tanto pelo grupo Sendero Luminoso como pelos militares. Muitos/as fugiram para a capital, Lima, onde sofreram discriminações e onde encontraram condições de trabalho precárias. Mais tarde, conseguiram terrenos no município de Lurin, na região da capital, o que lhes possibilitou começar uma nova vida. Em junho de 1999, um grupo de 25 artesã/os reuniu-se e criou a associação Ichimay Wari Perú. O nome Ichimay Wari provém de duas culturas pré-incas que se dedicaram à produção de cerâmicas utilitárias com cores naturais. Ichimay vem de “Ichimas”, que foram os antigos povoadores de Lurín e é também o nome em quechua para as tintas naturais que os e as artesãs utilizam desde as culturas antigas. O termo Wari refere-se ao primeiro império andino (500-1100 DC) existente na região originária das e dos artesãos.
As obras destas/es artesã/os refletem estas culturas pré-incas, bem como as manifestações do cristianismo que chegaram com a invasão espanhola.
A associação é atualmente formada por 8 oficinas familiares com três linhas de produção: cerâmica, tecelagem de tear e retábulo. Fazem duas assembleias gerais por ano e reuniões todas as semanas para discutir, planear e monitorizar atividades. A associação tem um conselho de administração composto por nove membros, eleito democraticamente através de uma comissão eleitoral, por dois anos.

Sábado, pelas 16h, fazemos um lanche solidário, onde contaremos com uma intervenção online de Emilio Fernandez, artesão da Ichimay Wari e CIAP. Inscreva-se! https://pt.surveymonkey.com/r/SKHTKBY

Em 2008, nasceram as Ervitas Catitas, uma empresa familiar dedicada à produção e venda de plantas aromáticas e medicinai...
19/11/2021
10 anos da Loja de Comércio Justo do CIDAC - Parabéns da Raquel Alves (Ervitas Catitas)

Em 2008, nasceram as Ervitas Catitas, uma empresa familiar dedicada à produção e venda de plantas aromáticas e medicinais e ao fabrico de óleos essenciais. Num terreno de 5 ha em Estremoz são cultivados o alecrim, funcho, lúcia lima, oliveira, segurelha, tomilho bela luz, entre outras plantas. As ervas são desidratadas num desidratador (3x5 m) com ajuda de um painel solar.
Com estas plantas produzem óleos essenciais obtidos por destilação (arraste de v***r) e águas florais - um subproduto da destilação.
As Ervitas Catitas perfumam a Loja desde 2013. Obrigada!!
https://www.youtube.com/watch?v=EwlIc5vTZrQ

A Loja de Comércio Justo do CIDAC está a cumprir 10 anos de existência. Vários/as amigos/as, parceiros/as e produtores/as que nos têm acompanhado ao longo de...

Sabores de sul nasceu em 2013, pelas mãos de Lúcia Ferreira. Com a fruta e as ervas aromáticas apanhadas na aldeia Fregu...
16/11/2021
10 anos da Loja de Comércio Justo do CIDAC - Parabéns da Lúcia Ferreira (Sabores de Sul)

Sabores de sul nasceu em 2013, pelas mãos de Lúcia Ferreira. Com a fruta e as ervas aromáticas apanhadas na aldeia Freguesia de Sul e aldeias vizinhas, em São Pedro do Sul, e com as claras que sobram do seu fantástico pão-de-ló de milho, começou a fazer biscoitos artesanais de alecrim, castanha, integrais de sementes até ao gengibre e mel, o Mel da Serra do S. Macario, Bordozedo, S. Pedro do Sul. Foi através dessa ligação solidária que começámos, em 2019, a comercializar as bolachas e as infusões Sabores de Sul, que têm adoçado os nossos dias! Obrigada d. Lúcia!

https://www.youtube.com/watch?v=2stLZHlDErk

A Loja de Comércio Justo do CIDAC está a cumprir 10 anos de existência. Vários/as amigos/as, parceiros/as e produtores/as que nos têm acompanhado ao longo de...

15/11/2021

𝗟𝗔𝗡𝗖𝗛𝗘 𝗦𝗢𝗟𝗜𝗗Á𝗥𝗜𝗢 - 𝟮𝟳 𝗻𝗼𝘃𝗲𝗺𝗯𝗿𝗼 - 𝟭𝟲𝗵-𝟭𝟵𝗵

Dia 27 de novembro, sábado, das 16h às 19h, conversamos com Emílio Fernandez da cooperativa peruana de artesanato Ichimay Wari Perú ao sabor de um lanche solidário, com produtos da Loja e outros produtos de produtores/as locais. O lanche tem uma lotação máxima de 20 pessoas e realiza-se mediante donativo livre. Para participar, basta inscrever-se aqui até 21 de novembro: https://pt.surveymonkey.com/r/SKHTKBY
As inscrições serão aceites por ordem de chegada.

*********************************************************************
Há 10 anos abriu a Loja de Comércio Justo do CIDAC com o objetivo de aliar o comércio a princípios de justiça, equidade e solidariedade. A Loja faz parte de uma cadeia solidária entre consumidores/as e pequenos produtores/as de África, Ásia, América Latina e Europa, em particular de Portugal.
É a única em Portugal de base associativa dedicada a 100% ao Comércio Justo, aberta de segunda a sábado, e nela encontram-se produtos alimentares, de artesanato, de beleza e higiene e de limpeza. Conjugando trabalho assalariado e voluntariado, a loja considera as suas ações de sensibilização sobre as alternativas ao sistema económico dominante como parte indissociável da sua atividade de comercialização.

Venha celebrar connosco os 10 anos da Loja de Comércio Justo do CIDAC!

A adega cooperativa mais antiga de Portugal nasceu em 1931, na região de Colares, Sintra. A Adega Regional de Colares, C...
12/11/2021
10 anos Loja de Comércio Justo do Cidac - Parabéns do Francisco Figueiredo (Adega Coop de Colares)

A adega cooperativa mais antiga de Portugal nasceu em 1931, na região de Colares, Sintra. A Adega Regional de Colares, CRL corresponde a uma pequena região demarcada, com cerca de 35 associados, uma região com produção histórica, pelo menos desde o século XIII.
A especificidade desta região é o cultivo da vinha em areia de duas castas autóctones, a Malvas e a Colares, que fazem o vinho branco, e a Ramisco, que faz o vinho tinto.
É possível comprar o vinho da Adega de Colares, na Loja de Comércio Justo desde 2015. Um ótimo néctar para celebrar 10 anos de existência!
https://www.youtube.com/watch?v=0FPPbJ_beBo

A Loja de Comércio Justo do CIDAC está a cumprir 10 anos de existência. Vários/as amigos/as, parceiros/as e produtores/as que nos têm acompanhado ao longo de...

Capuchinhas: há dez anos a refrescarem-nos no verão e a aquecerem-nos no inverno!Desde a abertura da loja que contamos c...
09/11/2021
10 anos da Loja de Comércio Justo do CIDAC - Parabéns da Cooperativa Capuchinhas de Montemuro

Capuchinhas: há dez anos a refrescarem-nos no verão e a aquecerem-nos no inverno!
Desde a abertura da loja que contamos com as belas peças de linho, lã e burel elaboradas pela Cooperativa Capuchinhas. Quatro mulheres da serra de Montemuro que se dedicam, desde 1987, a manter viva a arte tradicional de tecer no tear o linho e a lã, inspiradas pelo meio que as envolve: a serra, os sonhos, o cheiro e as cores.
https://www.youtube.com/watch?v=ZB5JIGFPKSk

A Loja de Comércio Justo do CIDAC está a cumprir 10 anos de existência. Vários/as amigos/as, parceiros/as e produtores/as que nos têm acompanhado ao longo de...

Já chegaram os presépios do mundo. Peças em terracota oriundas do Peru, das organizações de artesã/os Central Interregio...
08/11/2021

Já chegaram os presépios do mundo. Peças em terracota oriundas do Peru, das organizações de artesã/os Central Interregional de Artesanos del Perú e Manos Amigas SA.
Para saber mais sobre o labor destes/as artesãos, veja a entrevista dada por Emilio Fernandez da Ichimay Wari e do CIAP, em 2016:
https://www.youtube.com/watch?v=AAKYR66ylbM&t=3s

Endereço

Rua Tomás Ribeiro, 9 (Junto à Estação De Metro Picoas)
Lisbon

Horário de Funcionamento

Terça-feira 10:30 - 19:00
Quarta-feira 10:30 - 19:00
Quinta-feira 10:30 - 19:00
Sexta-feira 10:30 - 19:00
Sábado 10:00 - 14:00

Telefone

+351213172860

Produtos

Na Loja encontrará produtos solidários com os produtores e produtoras marginalizados de África, Ásia e América Latina e também da Europa, em particular de Portugal.

Notificações

Seja o primeiro a receber as novidades e deixe-nos enviar-lhe um email quando Loja de comércio justo do CIDAC publica notícias e promoções. O seu endereço de email não será utilizado para qualquer outro propósito, e pode cancelar a subscrição a qualquer momento.

Entre Em Contato Com O Negócio

Envie uma mensagem para Loja de comércio justo do CIDAC:

Vídeos

Lojas nas proximidades


Outra Compras & Vendas a retalho em Lisbon

Mostrar Todos

Comentários

Voltou o Almanaque Florestal da Plantei.eu com algumas ilustrações novas, sempre inspiradoras para bons plantios e melhores colheitas!
Avisamos clientes e amigos/as que dia 24 de dezembro, a Loja encerrará às 16h. A distribuição dos cabazes PROVE será na 5.ª feira, dia 23 de dezembro das 17h às 19h.
Todo o momento é bom para analisar e refletir sobre o mundo em que vivemos! Os livros da Cooperativa Outro Modo / Le Monde Diplomatique - ed. portuguesa são um bom contributo para alimentar o pensamento e ... a ação!
Vinho Arenae, casta Malvasia, da Adega Regional de Colares, CRL, licores da Nobre Terra, trufas e tabletes com cacau da MCCH- Fundación Maquita, do Equador, algumas iguarias para aquecer e adoçar as festas que se avizinham.
Animais que dão cor e movimento, na arte das/dos tecelã/os da Selyn do Sri Lanka. Fundada em 1991, a Selyn iniciou o seu trabalho com 15 mulheres na aldeia de Wanduragala. Tem atualmente mais 1000 membros, dos quais 95% são mulheres. E são 16 os ateliers onde trabalham, um pouco por todo o país. Algumas mulheres, devido à sua condição social ou familiar, trabalham a partir de casa.
A Agenda Feminista 2022 da UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta tem como tema "A Idade e o Género. Até onde vai o Preconceito?". Já tem a sua?
Novo site do Le Monde Diplomatique - ed. portuguesa será lançado hoje! A edição de dezembro -em papel - já disponível na Loja.
Vídeo realizado pela turma 11.º 2 de economia do externato Maristas de Lisboa durante a semana do comércio justo na escola (6 a 10 de dezembro): https://www.youtube.com/watch?v=8ySqnmX3G7Y&t=2s
De 6 a 10 de dezembro, por ocasião do dia internacional dos Direitos Humanos, o grupo de Geografia da Escola Secundária Jorge Peixinho, no Montijo, organiza uma banca de comércio justo e convida a comunidade educativa a visitar a exposição «O Comércio pode ser Justo!» http://www.esjp.pt/default.aspx?canal=117&artigo=1621