LEYA na Buchholz

LEYA na Buchholz LIVRARIA
(20)

Funcionando normalmente

Uma boa sugestão de leitura…e de cinema! Acaba de estrear o filme “À Espera dos Bárbaros” baseado no romance homónimo de...
30/07/2021

Uma boa sugestão de leitura…e de cinema! Acaba de estrear o filme “À Espera dos Bárbaros” baseado no romance homónimo de JM Coetzee e que volta agora a estar disponível nas livrarias com a chegada da 4.ª edição.
Um grande livro cuja adaptação ao grande ecrã foi realizada pelo colombiano Ciro Guerra (nomeado para Óscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2016 com “El abrazo de la Serpiente”) e conta com um excelente elenco onde encontramos Mark Rylance, Johnny Depp e Robert Pattinson. A ler e a ver!
Encontre este e outros livros do escritor na sua livraria ou na LeYaonline: bit.ly/leyaonline_coetzee
#aesperadosbarbaros #jmcoetzee #coetzee #premionobel #literatura #filme #cinema #livros

Uma boa sugestão de leitura…e de cinema! Acaba de estrear o filme “À Espera dos Bárbaros” baseado no romance homónimo de JM Coetzee e que volta agora a estar disponível nas livrarias com a chegada da 4.ª edição.

Um grande livro cuja adaptação ao grande ecrã foi realizada pelo colombiano Ciro Guerra (nomeado para Óscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2016 com “El abrazo de la Serpiente”) e conta com um excelente elenco onde encontramos Mark Rylance, Johnny Depp e Robert Pattinson. A ler e a ver!

Encontre este e outros livros do escritor na sua livraria ou na LeYaonline: bit.ly/leyaonline_coetzee

#aesperadosbarbaros #jmcoetzee #coetzee #premionobel #literatura #filme #cinema #livros

O júri rendeu-se à Poesia de Quando, expressa através de uma “escrita que rompe com os hábitos do poeta” destacando, por...
30/07/2021
Manuel Alegre vence prémio de poesia António Ramos Rosa com o livro "Quando"

O júri rendeu-se à Poesia de Quando, expressa através de uma “escrita que rompe com os hábitos do poeta” destacando, por outro lado, uma “renovação de uma das vozes mais fortes da literatura portuguesa”, assim justif**ando a atribuição, por unanimidade, do Prémio de Poesia António Ramos Rosa a Manuel Alegre.
Quando, escrito e publicado em plena pandemia, é um longo poema que não tem interrogação mas que nos interroga. Um emocionante testemunho de vida, de mundo e de poesia que nos é dado por um dos principais autores de língua portuguesa.

O poeta Manuel Alegre é o vencedor do Prémio Nacional de Poesia António Ramos Rosa, depois de o júri ter distinguido por unanimidade o seu livro "Quando".

PEDRO TAMEN (1934-2021). Foi com tristeza que a equipa da LeYa e da Dom Quixote receberam ontem a notícia da morte do po...
30/07/2021

PEDRO TAMEN (1934-2021). Foi com tristeza que a equipa da LeYa e da Dom Quixote receberam ontem a notícia da morte do poeta e tradutor Pedro Tamen, de quem publicámos diversos livros de poesia e traduções. Em 2006 o poeta publicou Analogia e Dedos (Oceanos), em 2010 O Livro do Sapateiro, em 2011 Um Teatro às Escuras e em 2013 Rua de Nenhures, todos na Dom Quixote. A poesia de Pedro Tamen mereceu as seguintes distinções: Prémio D. Dinis (1981), Prémio da Crítica (1991), Grande Prémio Inapa de Poesia (1991), Prémio Nicola (1997), Prémio da Imprensa e prémio P.E.N. Clube (2000), Grande Prémio de Poesia APE (2010) e Prémio Literário Casino da Póvoa (2011). A 9 de Junho de 1993 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.
Entre outros grandes trabalhos de tradução, para a Dom Quixote traduziu, por exemplo, os magníficos Contos Escolhidos, de Guy de Maupassant, ou os romances Zona e Fala-lhes de Batalhas de Reis e de Elefantes, do escritor francês Mathias Énard.
Pedro Tamen nasceu em Lisboa, em 1934, e estudou Direito na Universidade de Lisboa. Foi presidente do P.E.N. Clube Português (1987-90). Foi membro da Direcção e presidente da Assembleia-Geral da APE. Tem poemas traduzidos e publicados em francês, inglês, espanhol, italiano, alemão, neerlandês, sueco, húngaro, romeno, checo, eslovaco, búlgaro e letão. Desenvolveu uma intensa actividade de tradutor literário e obteve, em 1990, o Grande Prémio da Tradução. Foi duas vezes finalista do Prémio Europeu de Tradução.
Endereçamos uma palavra de conforto aos seus familiares e a todos os que, na LeYa, na Dom Quixote e no mundo editorial e da cultura em geral, o acompanharam, como amigos e parceiros de trabalho.
#pedrotamen

À procura de ideias para refrescar durante o verão? E que tal «A Arte da Salada»? Não perca as nossas sugestões de recei...
28/07/2021

À procura de ideias para refrescar durante o verão? E que tal «A Arte da Salada»? Não perca as nossas sugestões de receitas do livro!

À procura de ideias para refrescar durante o verão? E que tal «A Arte da Salada»? Não perca as nossas sugestões de receitas do livro!

Em «Levantando o Véu da Dualidade, o autor expõe a dualidade – bem e mal, certo e errado, luz e escuridão.O livro mostra...
28/07/2021

Em «Levantando o Véu da Dualidade, o autor expõe a dualidade – bem e mal, certo e errado, luz e escuridão.
O livro mostra-nos como criamos ou reprimimos a capacidade de materializar os nossos desejos e como o tempo é um mistério.
Revela-nos também como a injustiça nos tem atormentado ao longo dos tempos e o que podemos fazer para nos libertar.

Já pode encontrar este livro nas livrarias e em:
https://bit.ly/Leya_levantandooveudadualidade
#levantandooveudadualidade#andreasmoritz

Em «Levantando o Véu da Dualidade, o autor expõe a dualidade – bem e mal, certo e errado, luz e escuridão.

O livro mostra-nos como criamos ou reprimimos a capacidade de materializar os nossos desejos e como o tempo é um mistério.

Revela-nos também como a injustiça nos tem atormentado ao longo dos tempos e o que podemos fazer para nos libertar.

Já pode encontrar este livro nas livrarias e em:
https://bit.ly/Leya_levantandooveudadualidade

#levantandooveudadualidade#andreasmoritz

Ao contrário dos livros de Roald Dahl publicados até agora, «Nunca Cresças» tem um novo formato. É um álbum que conta co...
28/07/2021

Ao contrário dos livros de Roald Dahl publicados até agora, «Nunca Cresças» tem um novo formato. É um álbum que conta com maravilhosas ilustrações de Quentin Blake, e é direcionada a todos aqueles que querem crescer por fora sem deixarem de o ser por dentro.
«Nunca Cresças» é um hino a todos os traquinas que desafiam as regras e já está à venda em todas as livrarias e aqui:
https://bit.ly/leya_nuncacresças
#leya #books #leyabooks #oficinadolivro #leyonline #roalddahl #quentinblake #nevergrowup

Ao contrário dos livros de Roald Dahl publicados até agora, «Nunca Cresças» tem um novo formato. É um álbum que conta com maravilhosas ilustrações de Quentin Blake, e é direcionada a todos aqueles que querem crescer por fora sem deixarem de o ser por dentro.

«Nunca Cresças» é um hino a todos os traquinas que desafiam as regras e já está à venda em todas as livrarias e aqui:
https://bit.ly/leya_nuncacresças

#leya #books #leyabooks #oficinadolivro #leyonline #roalddahl #quentinblake #nevergrowup

«Vera Lagoa - Um Diabo de Saias» é a biografia editada quando se assinalam 25 anos da morte da jornalista Maria Armanda ...
28/07/2021

«Vera Lagoa - Um Diabo de Saias» é a biografia editada quando se assinalam 25 anos da morte da jornalista Maria Armanda Falcão, que f**aria conhecida como Vera Lagoa enquanto directora do semanário “O Diabo“.
De carácter destemido e opiniões fortes, comentou, na coluna «Bisbilhotices», no Diário Popular de Pinto Balsemão, a sociedade do final do Estado Novo de forma atrevida, mordaz, indiscreta ao ponto de provocar escândalo. No pós-25 de Abril, foi das raras figuras independentes, sem compromisso nem cálculo, que ousou criticar os novos poderes instituídos, não se deixando intimidar perante atentados à bomba e processos em tribunal.
A história desta mulher tão controversa quanto marcante é biografada pela historiadora Maria João da Câmara e pode ser encontrada na sua livraria ou aqui: bit.ly/Leyaonline-veralagoa
#biografia #diabo #veralagoa #livros

«Vera Lagoa - Um Diabo de Saias» é a biografia editada quando se assinalam 25 anos da morte da jornalista Maria Armanda Falcão, que f**aria conhecida como Vera Lagoa enquanto directora do semanário “O Diabo“.

De carácter destemido e opiniões fortes, comentou, na coluna «Bisbilhotices», no Diário Popular de Pinto Balsemão, a sociedade do final do Estado Novo de forma atrevida, mordaz, indiscreta ao ponto de provocar escândalo. No pós-25 de Abril, foi das raras figuras independentes, sem compromisso nem cálculo, que ousou criticar os novos poderes instituídos, não se deixando intimidar perante atentados à bomba e processos em tribunal.

A história desta mulher tão controversa quanto marcante é biografada pela historiadora Maria João da Câmara e pode ser encontrada na sua livraria ou aqui: bit.ly/Leyaonline-veralagoa

#biografia #diabo #veralagoa #livros

Patrícia Reis conheceu um caso de perto – uma criança que foi adoptada e posteriormente devolvida – e resolveu, após um ...
28/07/2021

Patrícia Reis conheceu um caso de perto – uma criança que foi adoptada e posteriormente devolvida – e resolveu, após um profundo trabalho de investigação sobre o abandono, os maus-tratos e a adopção, partir para a escrita deste romance duro, incómodo, publicado em 2019 pela Dom Quixote. Nessa altura, a jornalista Sara Belo Luís, da revista Visão, entrevistou a autora e, entre outras questões, colocou-lhe esta:
- Como se interessou pelo assunto?
A resposta de Patrícia Reis foi assim:
- Comecei pelo choque. Comecei pelo choque de conhecer um casal que adotou uma criança, que a levou para casa e que, depois, a devolveu. Tratou-se de um caso próximo de mim e foi muito perturbador. Tenho uma brincadeira mental sobre a qual nunca falei a ninguém, mas da qual vou falar agora: tenho a mania de dividir as pessoas entre aquelas que entregariam a Anne Frank e as que não entregariam a Anne Frank. E há pessoas que eu adoro mas que eu sei que entregariam a Anne Frank.
Encontre aqui o seu exemplar: bit.ly/leyaonline_ascriancasinvisiveis
#patriciareis #criancas #maustratos #adopçcao #abandono #literatura #livros

Patrícia Reis conheceu um caso de perto – uma criança que foi adoptada e posteriormente devolvida – e resolveu, após um profundo trabalho de investigação sobre o abandono, os maus-tratos e a adopção, partir para a escrita deste romance duro, incómodo, publicado em 2019 pela Dom Quixote. Nessa altura, a jornalista Sara Belo Luís, da revista Visão, entrevistou a autora e, entre outras questões, colocou-lhe esta:
- Como se interessou pelo assunto?
A resposta de Patrícia Reis foi assim:
- Comecei pelo choque. Comecei pelo choque de conhecer um casal que adotou uma criança, que a levou para casa e que, depois, a devolveu. Tratou-se de um caso próximo de mim e foi muito perturbador. Tenho uma brincadeira mental sobre a qual nunca falei a ninguém, mas da qual vou falar agora: tenho a mania de dividir as pessoas entre aquelas que entregariam a Anne Frank e as que não entregariam a Anne Frank. E há pessoas que eu adoro mas que eu sei que entregariam a Anne Frank.

Encontre aqui o seu exemplar: bit.ly/leyaonline_ascriancasinvisiveis

#patriciareis #criancas #maustratos #adopçcao #abandono #literatura #livros

La Peregrina é, sem dúvida, a pérola mais famosa de sempre. E este magnífico romance é a história do seu percurso ...
28/07/2021

La Peregrina é, sem dúvida, a pérola mais famosa de sempre. E este magnífico romance é a história do seu percurso ao longo de mais de quatrocentos anos, desde que saiu das águas, passando por muitas rainhas, até ser oferecida por Richard Burton a Elizabeth Taylor.
Um romance apaixonante, fruto de uma investigação com revelações inéditas, pela mão da escritora de renome internacional Carmen Posadas.
Descubra aqui os livros da escritora: bit.ly/leyaonline_carmenposadas
#historia #romance #romancehistorico #carmenposadas #perola #rainhas #coroaespanhola #livros

Biografia narrativa e interpretativa do estratega do 25 de Abril. A guerra, a revolução, as ideias, os amores e os erros...
27/07/2021

Biografia narrativa e interpretativa do estratega do 25 de Abril. A guerra, a revolução, as ideias, os amores e os erros fatais num trabalho de investigação do grande repórter do Público, Paulo Moura, que investigou a vida do mais conhecido capitão do Movimento das Forças Armadas. Com base em documentos inéditos e em dezenas de horas de entrevistas, o autor escreveu uma biografia “a pensar naqueles que conhecem mal um período decisivo da História portuguesa”. O jornalista abstém-se de fazer juízos de valor ou julgamentos extra-judiciais.
https://bit.ly/Leyaonline-Otelo#Otelo #25deAbril #revolucao #1974 #FP25deAbril

Biografia narrativa e interpretativa do estratega do 25 de Abril. A guerra, a revolução, as ideias, os amores e os erros fatais num trabalho de investigação do grande repórter do Público, Paulo Moura, que investigou a vida do mais conhecido capitão do Movimento das Forças Armadas. Com base em documentos inéditos e em dezenas de horas de entrevistas, o autor escreveu uma biografia “a pensar naqueles que conhecem mal um período decisivo da História portuguesa”. O jornalista abstém-se de fazer juízos de valor ou julgamentos extra-judiciais.

https://bit.ly/Leyaonline-Otelo#Otelo #25deAbril #revolucao #1974 #FP25deAbril

Uma investigação que pretende ser um relato livre e documentado de uma página polémica da história recente de Portugal d...
27/07/2021

Uma investigação que pretende ser um relato livre e documentado de uma página polémica da história recente de Portugal do advogado Nuno Gonçalo Poças. Um livro que vem resgatar do esquecimento colectivo a trágica tentativa de impor – pela força das armas e do terror – ao povo português um projecto político.
Entre 1980 e 1987, a organização a que esteve ligada Otelo Saraiva de Carvalho assassinou quase duas dezenas de pessoas, feriu dezenas de outras, destruiu propriedades, assaltou bancos e empresas.
https://bit.ly/Leyaonline-FP25deAbril#Otelo #25deAbril #FP25deAbril #Liberdade #democracia

Uma investigação que pretende ser um relato livre e documentado de uma página polémica da história recente de Portugal do advogado Nuno Gonçalo Poças. Um livro que vem resgatar do esquecimento colectivo a trágica tentativa de impor – pela força das armas e do terror – ao povo português um projecto político.
Entre 1980 e 1987, a organização a que esteve ligada Otelo Saraiva de Carvalho assassinou quase duas dezenas de pessoas, feriu dezenas de outras, destruiu propriedades, assaltou bancos e empresas.
https://bit.ly/Leyaonline-FP25deAbril#Otelo #25deAbril #FP25deAbril #Liberdade #democracia

A história da mais famosa pérola do mundo, uma jóia da coroa espanhola que sobreviveu a guerras, revoluções, traições, u...
27/07/2021

A história da mais famosa pérola do mundo, uma jóia da coroa espanhola que sobreviveu a guerras, revoluções, traições, usada por rainhas e que acabou no pescoço da actriz Elizabeth Taylor, é o tema do novo romance da escritora uruguaia, residente em Espanha, Carmen Posadas, autora de “Pequenas Infâmias”, “A Filha de Cayetana” e “A Mestre das Marionetas”.
https://bit.ly/Leyaonline-Peregrina
#livrosdeverao #verao #joias #romance #historia

A história da mais famosa pérola do mundo, uma jóia da coroa espanhola que sobreviveu a guerras, revoluções, traições, usada por rainhas e que acabou no pescoço da actriz Elizabeth Taylor, é o tema do novo romance da escritora uruguaia, residente em Espanha, Carmen Posadas, autora de “Pequenas Infâmias”, “A Filha de Cayetana” e “A Mestre das Marionetas”.

https://bit.ly/Leyaonline-Peregrina
#livrosdeverao #verao #joias #romance #historia

Chega amanhã às livrarias a biografia de Maria Armanda Pires Falcão, mais tarde Vera Lagoa, pseudónimo que usou nas suas...
19/07/2021
Vera Lagoa: a biografia do Diabo de saias

Chega amanhã às livrarias a biografia de Maria Armanda Pires Falcão, mais tarde Vera Lagoa, pseudónimo que usou nas suas célebres crónicas sociais do Diário Popular, que lhe trouxeram a fama durante décadas. Foi ainda a primeira locutora da RTP, diretora de jornais e uma máquina de triturar políticos, especialmente os do P*P depois do 25 de Abril de 1974. Tinha a 4ª classe e fazia gala disso. A Sábado publica alguns episódios da obra escrita pela historiadora Maria João da Câmara.

Filha de um militar que combateu a Monarquia, a I República e o Estado Novo, começou a escrever “bisbilhotices” e conseguiu o pleno de ser perseguida pela PIDE e pelo Copcon. Livro sai dia 20 de julho e a SÁBADO adianta alguns episódios em antecipação.

Bom fim de semana, com boas leituras!"For whatever we lose (like a you or a me) it’s always ourselves we find in the sea...
16/07/2021

Bom fim de semana, com boas leituras!

"For whatever we lose (like a you or a me) it’s always ourselves we find in the sea.”

E. E. Cummings

#leyanabuchholz #leyanasferias #leyanapraia

Bom fim de semana, com boas leituras!

"For whatever we lose (like a you or a me) it’s always ourselves we find in the sea.”

E. E. Cummings

#leyanabuchholz #leyanasferias #leyanapraia

5⭐ para "Afastar-se", de Luísa Costa Gomes (Dom Quixote).Nós confirmamos. "Afastar-se - Treze contos sobre água", bem es...
16/07/2021

5⭐ para "Afastar-se", de Luísa Costa Gomes (Dom Quixote).

Nós confirmamos. "Afastar-se - Treze contos sobre água", bem essencial (também) para a alma*

De cada vez que Luísa Costa Gomes publica um novo livro é isto que acontece: a crítica faz vénia e aplaude

Timeline Photos
16/07/2021

Timeline Photos

«Alfredo da Silva e Salazar» é o terceiro livro da trilogia comemorativa do 150.º aniversário do nascimento de uma das mais importantes figuras da nossa História económica e empresarial.

O livro agora reeditado fala sobre o relacionamento do industrial com Salazar, no período da ditadura militar e do Estado Novo, onde se aprofundou o desenvolvimento do grupo CUF.

«Alfredo da Silva e Salazar» já se encontra nas livrarias e também o pode encontrar em: https://www.leyaonline.com/pt/livros/biografias-memorias/alfredo-da-silva-e-salazar/

#alfredodasilva #miguelferreiradefaria

Endereço

MARQUÊS DE POMBAL, RUA DUQUE DE PALMELA, Nº4
Lisbon
1200-098

Horário de Funcionamento

Segunda-feira 10:00 - 19:00
Terça-feira 10:00 - 19:00
Quarta-feira 10:00 - 19:00
Quinta-feira 10:00 - 19:00
Sexta-feira 10:00 - 19:00
Sábado 10:00 - 14:00

Telefone

+351917362792

Notificações

Seja o primeiro a receber as novidades e deixe-nos enviar-lhe um email quando LEYA na Buchholz publica notícias e promoções. O seu endereço de email não será utilizado para qualquer outro propósito, e pode cancelar a subscrição a qualquer momento.

Entre Em Contato Com O Negócio

Envie uma mensagem para LEYA na Buchholz:

Vídeos

Categoria

Lojas nas proximidades


Outra Book Stores em Lisbon

Mostrar Todos

Comentários

TEMORES Esta ternura antiga me faz medo. Temo a atribulação da fantasia Que cresce dentro de mim, dia após dia, E transforma minha saudade em degredo... Temo o desenlace deste enredo Que impregnou a minha poesia, Que inspirou esta paixão tardia E transbordou deste velho segredo... Receio a incerteza do futuro Desta ternura que me desespera, Deste meu sentimento obscuro... Temo que após os anos de espera, Ao despertar do meu sonho tão puro, Descubra, enfim, que tudo foi quimera!... @[email protected] [email protected]@de [email protected] 2018 @ copyrights
Desejemos que seja por pouco tempo para bem de todos. SAÚDE!
Obrigada LEYA. Saúde para todos.
Obrigada Leya! que nos vejamos brevemente.L.
Conselho sábio. Obrigada
Deve ter sido muito bom...
Que belo! Só podia ser de G.G.M.!
Vou gostar muito. Rico!
A não perder!!!
A não perder....o pensamento de tantos génios!
Parabéns !
Vou gostar de assistir.Obrigada.